Jean das Neves Lopes
  • 39, Hombre
  • teresina/PI
  • Brasil
Comparti(lha)r en(m) Facebook Comparti(lha)r
  • Blog Posts
  • Discusiones | Tópicos
  • Eventos
  • Grupos
  • Fotos (1)
  • Álbumes de fotos | Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Los contactos de Jean das Neves Lopes

  • dansAlux
  • Emílio Ribeiro
  • Andréia Barreto
  • Alejandra Paz Machuca Cigna
  • Fabio Farias
  • samara pereira rocha
  • Gabriel Argañaraz Sapia
  • Mariana Soares / A(rts) Portada
  • Sheila Bonino
  • Marcela Alejandra Olate Vega
  • Carmen Ortiz / Sarta de Cuentas
  • Flor de Teatro Producciones
  • Márcio Medeiros
  • Juliana Medella
  • Vandré Francisco Vitorino Silva
 

Página de Jean das Neves Lopes

Perfil

Sitio/website:
http://www.cialuziaamelia.com
Pais
Brasil
Ciudad
Rua procurador Jeremeias Pereira,nº1794,Bairro: São João ,Teresina /PI
E-mail:
jeancalango@hotmail.com
Tipo de organizacion | Tipo de organização
Compan(h)ia, Espacios culturales|Espaços culturais, Universidad(e), Estudios, Festival, Fundacion|Fundação, Organizaciones gubernamentales|Organizações governamentais, Centro coreografico, Teatro, Publicaciones impresas|Publicações impressas, O(u)tros

(L)as fotos de Jean das Neves Lopes

  • Incluir fotos
  • Ver todos

Comentario (13 comentarios)

Necesitas ser un miembro de movimiento | movimento para añadir comentarios! | É preciso ser membro de para incluir comentários

Participar en movimiento | movimento

A las 6:04am del abril 15, 2013, joy dijo...

Olá querida
meu nome é Joy, eu tenho o DI de www.movimiento.org, e eu gostaria de ter um
bom relacionamento com você, por favor, eu preciso de sua cooperação e assistência,
sou teu Alegria. por favor contacte-me com o meu e-mail ok, para que eu vou lhe dizer mais sobre o meu ego e lhe enviar as minhas fotos. aqui é o meu endereço de e-mail muito obrigado.
(Joywarreachel@yahoo.com)
---------------------------------------------------
Hello dear
my name is Joy, i got your DI from  www.movimiento.org, and i will like to have a
good relationship with you, please i need your cooperation and assistance,
am yours Joy. please contact me with my email ok, so that i will tell you more about my self and send you my pictures. here is my email address thanks so much.
( joywarreachel@yahoo.com )

A las 9:33pm del agosto 1, 2009, YANAVICO Casa Taller dijo...
Becas de la Catedra Popular de Danza
http://jesus-alegria.blogspot.com
un abrazo
A las 8:04am del julio 19, 2009, Márcio Medeiros dijo...
oi jean, como vai?
que bom ser seu amigo. aqui no ceará rola agora em outubro uma bienal internacional de dança
muito legal. se dé aparece.
abraços.
marcio...
A las 10:46am del mayo 13, 2009, Aline Bernardi dijo...
aberta as portas da comunicaçao
prazer
ate mais
A las 3:27pm del mayo 8, 2009, jorge schutze dijo...
ótimo, eu man daria essas participações pra onde?? seu blog??
criei um grupo - corponordeste e rolou varias participações, de uma sacada e participe. talves pudessemos utilizá-lo pra isso. Que tal??
A las 10:47am del mayo 7, 2009, jorge schutze dijo...
como participaar das discussões desse grupo??
A las 11:34pm del mayo 6, 2009, CAMILA DE OLIVEIRA dijo...
ola estoy no msn puede hablar bjs
A las 10:54pm del mayo 6, 2009, Déborah Radassi dijo...
Os movimentos nunca morrem,. De tanto executar, sentir, executar, sentir, executar... Podem dormir... E quando desperta, estão mais vivos que nunca. Percebi nitidamente no ensaio de hoje, o quanto tudo que nos envolvem: ambiente, corpo, estímulos, suor, movimentos, estão marcados, o corpo possuído por tudo que experimentou e nunca deixou de existir.
A las 8:17pm del mayo 6, 2009, Luzia Amélia dijo...
Sobre Semiótica...

Encontrei “Os Pensadores” que explica de forma bem básica aquela nossa dúvida sobre signo, com base nos estudos de Charles Sanders Peirce. Ai vai:
“A teoria do signo desenvolvida por Peirce é ampla e complexa, envolvendo particularmente uma lógica matemática e simbólica, da qual ele foi um dos pioneiros. O centro de sua teoria reside na definição do que seja signo e na distinção que estabeleceu entre os diversos tipos de signo. O signo é entendido para Peirce como “algo que, para alguém, equivale a alguma coisa, sob algum aspecto ou capacidade”. Nenhum signo pode ser literalmente aquilo que significa. Se uma nuvem, por exemplo, é sinal ou signo de chuva, ela não é idêntica à própria chuva, mas tão-somente a indica... pensamente algum ou palavra alguma pode ser literalmente aquilo que indica.
Todos os signos podem ser divididos em três espécies principais: Ícone, Índice e Símbolo.
 Ícone Constitui um tipo de signo que o significado e o significante apresentam uma semelhança de fato. Ex: O desenho de um animal seria um exemplo de ícone; o desenho significa o animal, simplesmente porque se parece com ele.
 Índice É um signo que não se assemelha ao objeto significado, mas indica-o casualmente, é um sintoma dele porque se experimenta uma contigüidade entre os dois. Ex: Um furo de uma bala, por exemplo, é um índice de um tiro, como a fumaça é um índice de fogo (ela indica o fogo);
 Símbolo Opera segundo uma contigüidade instituída, ou seja, depende da adoção de uma regra de uso. Ex: As bandeiras constituem símbolos das nações; entre as bandeiras e as nações não há qualquer relação causal necessária, trata-se apenas de convenção. A quase totalidade da linguagem usual, falada e escrita é de natureza simbólica.
A las 8:16pm del mayo 6, 2009, Luzia Amélia dijo...
O que seria o processo de iniciar o movimento a partir do estímulo que o impulsiona inicialmente, daquele instante que ainda não é visível até o seu último instante quando ele começa a morrer? Penso que quanto mais acionarmos o nosso olhar para estes mínimos instantes gestuais, encontraremos preciosidades que nos ajudarão a qualificar o nosso percurso artístico enquanto bailarino interprete e criadores. Outra questão seria para quem está realizando; é muito difícil fazer esta troca (de um movimento para o outro ou para o fim). Talvez os críticos possam explicar logicamente o processo de gestação de um movimento até a sua morte, mas nós fazedores sabemos o quanto é solitário e difícil, realizar um movimento consciente de seu processo. Hoje no ensaio, eu vi esse processo, e em alguns momentos senti falta dele. No momento em que vi. Foi incrível, bonito. E no que não vi ou não consegui vê, ficou um vazio como se nem todos os bailarinos estivem preparados para dançar aquele trabalho.
Acredito que o sucesso (para os bailarinos) vem de pequenas coisas quase imperceptíveis como os vários instantes conscientes de um movimento, o processo.
Qual o processo de construção do movimento?
 
 
 

Danza y cultura en red | Dança e cultura em rede

Este es un proyecto  de

Marlon Barrios Solano

Creada por la Red Suramericana de Danza en asociación con idanca.net y Associação Cultural Panorama | Criada pela Red Sudamericana de Danza em parceria com idanca.net e Associação Cultural Panorama.

This network is maintained and administrated by Marlon Barrios Solano as an independent art/curatorial/social innovation project.

You can donate to support my work here:

WOULD YOU LIKE MAKE A ONE TIME DONATION?

Become my patron:

Become a Patron!


Support  making a single donation of any amount.
Thank you!

Contact:

marlon@dance-tech.net

for more information

YOU MAY DONATE BITCOIN HERE

WALLET

38rswPwwQB67cbe8z1E72PhtQCM1umpyjK

© 2020   Creado por Red Sudamericana de Danza.   Tecnología de

Emblemas | Badges  |  Reportar problema  |  Términos de servicio