CEC - TERPSÍ: Oficina de Atualização em Dança com Júlia Emília



OFICINA DE ATUALIZAÇÃO EM DANÇA

“A PEDRA NA ÁGUA”


Ministrante:
Júlia Emília


(Teatrodança de São Luís - Maranhão)
Ministrou o Curso de Danças Populares no Festival de Joinville
(2010)


O objetivo da oficina é vivenciar as correlações entre as técnicas acadêmicas e as expressões
populares, metodologia investigada pelo Teatrodança.


Corporeidade e sonoridade: nações indígenas e africanas. Povos ibéricos. Conotações que
permaneceram no bumba-meu-boi de matraca (ritmo) e orquestra (harmonia).
Uso das articulações: cintura escapular e pélvica.
Desenho coreográfico: cordões de índios, caboclos
e vaqueiros. Busca da representação da brasilidade
em diferentes vertentes.


Os participantes terão oportunidade de manejar culturas encaradas como socialmente complementares, evocando memórias.

- DIAS: 09, 10 e 11/08
- HORÁRIO: 14hs às 20hs
- CARGA HORÁRIA: 12 horas
- VAGAS: 20 participantes;
- INVESTIMENTO: R$100,00


LOCAL:
Museu do Trabalho
Rua dos Andradas, 230, Centro, Porto Alegre/RS


INSCRIÇÕES:
www.terpsi.com.br


CONTATO E INFORMAÇÕES:

terpsi.contato@yahoo.com.br

(051) 9306-0982


Júlia Emília: Educadora, licenciada pela Pontifícia Universidade
Católica do Rio de Janeiro, como bolsista do CNPQ.
Começou no formalismo da técnica clássica
com Tatiana Leskowa e Jane Blauth, nos anos 70, no Rio de
Janeiro. Participou da pesquisa de novas linguagens na Escola
de Klauss e Angel Vianna; no Teatro Ventoforte com Ilo Krugli,
integrando a Cia. Dramática Brasileira e o American
College Theatre Festival; a Cia. Aérea de Dança
do Circo Voador com João Carlos Ramos. Desde 1983 dirige
o Grupo Teatrodança marcando presença em festivais
e instituições de pesquisa. Ex-proprietária
do Núcleo de Dança Oficina do Corpo e ex-diretora
de programas na TV Educativa, a partir de 1989, institui uma
“escola itinerante” possibilitando espaços
para exercitar sua pesquisa de uma terceira linguagem corporal,
fusão do popular e acadêmico. “Bicho Solto
Buriti Bravo”, parceria com o poeta Ferreira Gullar
e o compositor Zeca Baleiro, é seu produto inicial.

Premiada com a Bolsa Virtuose/Ministério da Cultura
troca experiências com a Universidad de Buenos Aires,
com a Fondación Rio Abierto, Faculdade Angel Vianna,
com o Danzario Americano, Very Special Arts do Brasil, Universidade
Federal Fluminense e Universidade Federal do Maranhão.
Com sua última produção, “Alma
Nova”, foi selecionada mais uma vez pelo Programa BNB
de Cultura. No momento, cursa especialização
em Reabilitação do Sistema Músculo Esquelético.



Visitas: 145

Incluir comentario

¡Necesitas ser un miembro de movimiento | movimento para añadir comentarios! | É preciso ser membro para incluir comentários

Participar en movimiento | movimento

Danza y cultura en red | Dança e cultura em rede

Este es un proyecto dance-tech.net desde 2018 y es curado por

Marlon Barrios Solano

Creada por la Red Suramericana de Danza en asociación con idanca.net y Associação Cultural Panorama | Criada pela Red Sudamericana de Danza em parceria com idanca.net e Associação Cultural Panorama.

© 2019   Creado por Red Sudamericana de Danza.   Tecnología de

Emblemas | Badges  |  Reportar problema  |  Términos de servicio