Tenho pensado muito na presença dos corpos dentro da proposta d'O Corpo Perturbador, meu novo espetáculo. Pensado sobretudo no movimento desses corpos (o meu e de Meia Lua, estagiário do projeto).

Não sei porque, me veio a idéia de "Ready Made" criado por Duchamp.

O corpo como um Ready Made, o movimento que o corpo vem fazendo ao longo do tempo. As curvas. Pretendendo uma observação desse corpo sem floreios, arranjos, enbelezamentos vindos dos movimentos dançantes.

Trazer a cena o que já existe cotidianamente, diariamente, voyerismo ao corpo def.

Brincar com os corpos da Dança Contemporânea que parecem buscar o "aleijo". O discurso contemporâneo, subjetivo, a obra pelo discurso.

O conceito de Ready Made, principalmente em relação ao olhar sobre estes corpos, sobre a rejeição em cena, sobre uma nova possibilidade artística que ainda não foi absorvida.


Estou escrevendo a bula do trabalho, ne?

Tem mais coisas sobre o projeto no blog http://ocorpoperturbador.blogspot.com/

A estréia será logo no início de Dezembro, no ICBA.




Visitas: 222

Incluir comentario

¡Necesitas ser un miembro de movimiento | movimento para añadir comentarios! | É preciso ser membro para incluir comentários

Participar en movimiento | movimento

Comentario por Edu O. el | em noviembre 28, 2010 a las | às 8:45pm
Obrigado, Priscila!
Comentario por Priscila Patta el | em noviembre 28, 2010 a las | às 8:43pm
Muita inspiracao pra vcs!
E, é claro...MERDA!

Danza y cultura en red | Dança e cultura em rede

Este es un proyecto dance-tech.net desde 2018 y es curado por

Marlon Barrios Solano

Creada por la Red Suramericana de Danza en asociación con idanca.net y Associação Cultural Panorama | Criada pela Red Sudamericana de Danza em parceria com idanca.net e Associação Cultural Panorama.

© 2019   Creado por Red Sudamericana de Danza.   Tecnología de

Emblemas | Badges  |  Reportar problema  |  Términos de servicio