O corpo que pensa e transporta a sua cidade, para lugares além da história escrita que busca verdades, bem debaixo do concreto. A intervenção proposta pela Cia. neste mês de Outubro foi uma forma de recorrer a questões sobre nossa cidade que não foram esclarecidas e sim silenciadas. Teresina é uma cidade submissa, por temer seu verdadeiro processo histórico. Tornando-se imprópria para a sua própria história, essa abstrusa dentro dos corpos antigos, invólucros de memórias. Moradores da Rua de São Benedito, Alto da Jurubeba, Cruzeiro, Cabral, São Raimundo, Ilhotas, seus abrigos de palha e chão batido, nossa gente negra. Eram corpos que incomodavam, cuja força, inteligência e juventude foram usados na construção da “cidade-futuro”, essa mesma que hoje nega o Espaço Sagrado, não reconhecido: O Cemitério de Anônimo de Negros. Queremos com os nossos corpos perguntar: o que acontece com a nossa história? Por que o solo sagrado é profanado e desrespeitado diariamente? Por que a cidade não reconhece seus verdadeiros construtores, aqueles que nos doaram suas bagagens in/visíveis, trazidas de longe? Por que teimamos em não reconhecer a nossa ancestralidade? Essa que é negra, índia e que transformada em cafuza, mameluca, se converte em nós. Esses corpos/vida silenciados pelo discurso homogeneizador e asséptico da história branca e oficial que todo dia, engolimos calados. A história da mão de obra escrava na construção de Teresina é ocultada. A limpeza memorial da cidade é milimetricamente projetada para que todos os seus espaços, não só os físicos, mas também, e especialmente, o da memória sejam reocupados. Só há espaço para os “ilustres”, projetistas, mafrenses, empreendedores de mentiras e medos. Considerações da Cia. Luzia Amélia sobre a edição de outubro de 2009 do Projeto 1 Minuto Para Dança, realizado em Teresina/Piauí/Brasil.

Visitas: 188

Incluir comentario

¡Necesitas ser un miembro de movimiento | movimento para añadir comentarios! | É preciso ser membro para incluir comentários

Participar en movimiento | movimento

Danza y cultura en red | Dança e cultura em rede

Este es un proyecto  de

Marlon Barrios Solano

Creada por la Red Suramericana de Danza en asociación con idanca.net y Associação Cultural Panorama | Criada pela Red Sudamericana de Danza em parceria com idanca.net e Associação Cultural Panorama.

This network is maintained and administrated by Marlon Barrios Solano as an independent art/curatorial/social innovation project.

You can donate to support my work here:

WOULD YOU LIKE MAKE A ONE TIME DONATION?

Become my patron:

Become a Patron!


Support  making a single donation of any amount.
Thank you!

Contact:

marlon@dance-tech.net

for more information

YOU MAY DONATE BITCOIN HERE

WALLET

38rswPwwQB67cbe8z1E72PhtQCM1umpyjK

© 2020   Creado por Red Sudamericana de Danza.   Tecnología de

Emblemas | Badges  |  Reportar problema  |  Términos de servicio